curadoria

Reflexões Públicas e Privadas.

“Reflexões Públicas e Privadas”, exposição individual de Laura M. Mattos, nos apresenta uma série de pinturas advindas de fotografias realizadas por smartphones. Nessas imagens, a artista provoca a reflexão sobre as formas que estabelecemos entre o privado e o público, a partir das relações de troca e comunicação pelas redes sociais. Desse modo, o que observamos, são imagens de objetos de materialidade refletora dentro de espaços íntimos dos quais são compartilhadas publicamente. Esses objetos retratados, funcionam como pequenos espelhos dos quais criam espaços virtuais – muitas vezes testemunhando a presença da artista – colocando em evidência as questões que envolvem a espacialidade virtual e real.

A natureza característica de espaços públicos e privados, são pautas evidentes dentro do período de pandemia. Em um ensaio não publicado do filósofo Vilém Flusser, o autor analisa as relações sociais a partir da interação com o ambiente do banheiro ao longo da história. Segundo o filósofo, nas sociedades romanas e no islã espanhol, os banheiros públicos eram concebidos como espaços de diálogo e troca, entretanto – com transição social da burguesia – os banheiros foram se deslocando para dentro dos espaços privados, tornando a relação íntima com a katharse, que do grego, entende-se como processo de limpeza e purificação.

Flusser comenta o processo de privatização da intimidade durante o desenvolvimento da sociedade ocidental. Em contrapartida, as pinturas de Laura M. Mattos, apontam para o movimento inverso de deslocamento do espaço íntimo para o espaço público. As condições de quarentena durante a pandemia da COVID-19, condicionam os resguardos de nossos corpos para dentro das nossas residências, ao mesmo tempo em que nos presentificam em um outro (novo) lugar, marcado pelas videochamadas, encontros virtuais, home office, troca de mensagens, fotografias, vídeos e áudios. Nosso espaço íntimo, nunca esteve tão presente na vida de outras pessoas, alterando dessa forma, as nossas formas de vida.

Allan Yzumizawa (curador)

11 de maio a 31 de agosto de 2021

Visita presencial nas terças-feiras 18h30 às 19h30 e sábados das 10h30 às 11h30 por agendamento via Sympla no link https://linktr.ee/macsmuseu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s